Esportes

Vitória aproveita intertemporada da Copa e eleva concorrência no setor defensivo

Vitória entrou na intertemporada provocada pela Copa do Mundo como a equipe de pior defesa do Campeonato Brasileiro. Em 12 rodadas, foram 23 gols sofridos. Não por acaso, a equipe patinou e ocupa atualmente a 16ª posição, com 12 pontos. De olho em uma evolução, a diretoria rubro-negra investiu na contratação de Ruan Renato.

 

A diretoria aguarda a chegada de um novo defensor, o que acirra a concorrência pela titularidade. São oitos zagueiros no elenco à disposição do técnico Vagner Mancini, e o número deve subir para nove nos próximos dias. Mas há somente duas vagas entre os 11 iniciais. Um dos zagueiros que disputam a preferência do treinador é Walisson Maia.

 

Sem atuar desde maio, o jogador se recuperou de um problema no músculo adutor da coxa e participou de parte do coletivo realizado na manhã da última quarta-feira, na Toca do Leão. - Já estou 100% recuperado da lesão. Fiquei fora de alguns por causa dessa lesão no adutor, mas agora já estou pronto para poder ajudar o Vitória na sequência do campeonato - afirmou o jogador. Apesar da falta de ritmo, Maia não se assusta com a concorrência.

 

O jogador confia que poderá provar nos treinos que pode ocupar uma vaga entre os titulares e ajudar o Vitória a melhorar os números no Campeonato Brasileiro. - Sempre que o professor precisou de mim, estava à disposição. Agora é trabalhar duro e buscar uma vaga na equipe titular, mas sempre respeitando meus companheiros e a decisão do Mancini.

 

Titular absoluto durante todo o primeiro semestre, Kanu também não teme a disputa pela titularidade. O zagueiro é o segundo defensor em número de partidas no elenco do Vitória. Só perde para Ramon, que tem atuado improvisado como volante em muitos jogos.

 

- É sempre importante ter um grupo forte, com boas opções em todos os setores. A diretoria do Vitória vem trabalhando para fazer isso, para dar opções à comissão técnica. Estamos com um elenco cada dia mais forte, qualificado, e isso é importante em uma temporada desgastante como a nossa no Brasil. (...) Acredito que essa briga por vaga no time titular será muito sadia. Antes de qualquer coisa, temos que pensar no bem do Vitória. O clube, sempre, em primeiro lugar. Sem dúvida, quem estiver melhor vai jogar, até porque Mancini é justo com isso. E todos vão continuar torcendo por todos. Essa união pode fazer a diferença nesta sequência da temporada – comentou.

 

O Vitória volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, quando encara o Paraná, no Barradão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vagner Mancini terá os retornos de Kanu e Aderllan, que desfalcaram o time na derrota para o São Paulo, última partida antes da intertemporada. Em compensação, Ruan Renato dificilmente deve estar à disposição. O defensor foi contratado após passagem pelo Áustria Viena e só pode ser inscrito após a abertura da janela de transações internacionais, no dia 16 deste mês.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas