Esportes

Erick fala sobre possíveis mudanças e mira vitória sobre a Chape: "Não tem outro resultado"

O elenco do Vitória segue se preparando para o duelo com a Chapecoense, que acontece às 11 horas deste próximo domingo (14), na Arena Condá, em Chapecó segundo o galaticosonline. Antes das atividades nesta quinta-feira (11), o atacante Erick conversou com a imprensa e falou sobre a importância de vencer esse confronto direto na luta contra o rebaixamento.

 

“Vai ser um jogo difícil, um jogo de seis pontos. Sabemos da dificuldade que é jogar lá contra a Chapecoense, mas nós temos que ir lá para ganhar, não tem outro resultado. Nós estamos na zona de rebaixamento e temos que ir lá em busca dos três pontos para sair o mais rápido possível dessa situação”, disse o jogador durante entrevista.

 

Após a derrota para o Santos, na última rodada, o técnico Carpegiani falou sobre a possibilidade de mudar a estrutura da sua equipe. Erick comentou algumas experiências que vem sendo feitas pelo treinador, e sobre a possibilidade do time ter ele e Lucas Fernandes abertos pelas pontas para explorar os contra-ataques. “Ele (Carpegiani) está variando bastante a equipe, tentando achar uma formação e um time ideal para jogar lá”, disse.

 

Ainda acrescentou: “Mas eu tenho certeza que o time ideal, que ele vai colocar, vai dar conta do recado. Eu e ele (Lucas Fernandes) temos a mesma característica. É um jogador rápido e veloz como eu, mas não tem nada definido ainda, ninguém sabe a equipe que vai jogar, isso cabe ao professor. Tenha certeza que quem ele por, vai entrar e vai dar conta do recado”, declarou.

 

Restando 10 rodadas para o final da Série A, o Vitória tem 30 pontos conquistados e precisa de pelo menos 15 pontos para atingir uma pontuação considerada segura na fuga contra o rebaixamento. Ao ser questionado sobre como dar segurança ao seu torcedor de que o time vai conseguir isso, Erick mostrou confiança em conquistar os triunfos em casa.

 

“Olha, acho que temos cinco jogos em casa e cada jogo aqui nós temos que encarar como uma final. Se nós ganharmos os jogos em casa aqui e conseguir os 45 pontos que chamam de “mágicos”, nós vamos sair dessa situação”, afirmou.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas