Notícias

Movimento dos Trabalhadores Sem Teto deixa tríplex do Guarujá após 4 horas de invasão

Os militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) decidiram deixar o tríplex do Guarujá, em São Paulo, após cerca de quatro horas de invasão. O grupo, composto por uma média de 50 pessoas, ocupou o apartamento às 8h30 desta segunda-feira (16), a fim de protestar contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 

O petista está detido na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, justamente pelo processo do tríplex – ele foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. A decisão dos manifestantes foi tomada após a Polícia Militar informá-los que poderia ser obrigada pela Justiça a cumprir a reintegração de posse.

 

Assim, a Polícia Militar pediu para que o grupo se retirasse voluntariamente, de maneira pacífica. De acordo com a publicação, a Advogados do MTST acompanharam líderes do movimento até a delegacia e a polícia afirmou que vai registrar um boletim de ocorrência porque houve danos à propriedade na invasão. Como o imóvel está sob custódia da Justiça Federal, o caso será analisado pela Polícia Federal segundo informações de O Globo.


Categorias

Brasil




Classificados


Enquete



Mais Lidas