Notícias

Morre aos 86 anos o economista Paul Singer, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores

Morreu na segunda-feira (16), aos 86 anos, o economista e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores Paul Singer. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. De acordo com o hospital, ele morreu às 20h10. O velório está previsto para começar às 9h no Cemitério Israelista do Butantã, Zona Oeste de São Paulo.

 

O enterro será à tarde. Paul Singer nasceu na Áustria em 1932 e chegou ao Brasil em 1940. Ele veio para o país fugindo da perseguição aos judeus na Europa. Ele fez graduação em Economia e doutorado em Sociologia na Universidade de São Paulo. Na mesma instituição, se tornou livre docente em demografia e professor titular em economia.

 

Durante a gestão de Luiza Erundina na Prefeitura de São Paulo, ele foi secretário de Planejamento. No governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi um dos precursores do conceito de economia solidária no país, baseada na produção com autogestão, sem patrões e empregados. Durante parte do governo da ex-presidente Dilma Roussef, ele foi secretário Nacional de Economia Solidária.

 

“Economia Solidária é uma organização de produção, de comercialização, das finanças e do consumo que privilegia o trabalho associado, a autogestão, a cooperação e a sustentabilidade considerando o ser humano na sua integridade como sujeito e finalidade econômica”, explicou o póprio Singer em 2013.

 

Por meio de nota, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirma que Singer "deixa o exemplo da coerência política, da militância de esquerda, do caráter reto e do intelectual que nunca mudou de lado". "Paul Singer merece nossa gratidão e reconhecimento, e o faremos da forma como ele merece", declarou Gleisi.


Categorias

Brasil




Classificados


Enquete



Mais Lidas