Notícias

Coelba suspende corte de luz após dificuldades para pagar a conta

A Coelba informou nesta sexta-feira (13), que suspendeu os cortes de energia por cinco dias na Bahia, exclusivamente para os clientes que estejam com as faturas em atraso em decorrência específica do descredenciamento das lotéricas. A decisão ocorreu após reunião da concessionária com o Ministério Pública da Bahia (MP-BA).

 

A reunião foi realizada na quinta (12). A suspensão do corte de energia é válida até a próxima terça-feira (17). As dificuldades e imensas filas para pagar a fatura de luz começaram a partir do último dia 1º de julho, quando as casas lotéricas foram descredenciadas e pararam de receber o pagamento da conta de luz.

 

Diante das grandes filas, o MP e a Codecon de Salvador investigam os problemas para quitar a fatura. O MP, inclusive, detalhou que recebeu denúncias de associações de moradores e demais pessoas que relataram problemas para pagar a conta de energia. O MP disse ainda que no dia 31 de julho haverá uma audiência, com o objetivo de encontrar uma solução para que os consumidores não encontrem imensas filas no momento de quitar a fatura.

 

O Ministério Público já havia recomendado à Coelba que não suspendesse o fornecimento de energia para consumidores inadimplentes, nem que fossem aplicadas multas aos usuários que estejam com faturas atrasadas, em relação ao período compreendido entre o dia da rescisão oficial do contrato até o momento em que ele for restabelecido.

 

A Coelba diz que são 268 locais de pagamento em Salvador e região metropolitana, entre esses pontos estão estabelecimentos comercias como lojas de varejo, padarias, farmácias e rede credenciada própria, que são os pontos de serviços da Coelba.

 

Alguns bancos aceitam o pagamento no caixa como Banco do Brasil, Santander e Bradesco. Apesar desses pontos, o consumidor destaca que, após a suspensão de pagamento nas lotéricas, as filas só aumentam. Para consultar os locais credenciados mais próximos para pagamento da conta de energia, em cada cidade, o cliente pode acessar o site da Coelba.


Categorias

Economia




Classificados


Enquete



Mais Lidas