Notícias

Preso em Salvador após se masturbar diz que ato era para ativar testosterona

O homem de 33 anos que foi preso após ser flagrado se masturbando enquanto observava sete adolescentes que ensaiavam uma coreografia, em Salvador, disse em depoimento à polícia que a masturbação era para ativar a testosterona durante musculação. A informação é da Polícia Civil. Bruno da Silva Santos foi preso na quarta-feira (8), ouvido e liberado.

 

Ainda segundo a polícia, ele vai responder em liberdade pelos crimes de satisfação de lascívia mediante a presença de criança ou adolescente, ato obsceno e ameaça. Conforme informações da polícia, Bruno disse que estava fazendo musculação no terraço de um imóvel e, entre uma série e outra, se masturbava para ativar a testosterona.

 

Em outra casa, as sete adolescentes ensaiavam e eram observadas por ele. As garotas perceberam o assédio e contaram a situação para a mãe de uma delas. Após o relato, a mulher tentou um diálogo com Bruno. A polícia informou que, mesmo após ser chamado atenção pela mulher, Bruno continuou a se masturbar e ainda ameaçou as vítimas. Diante da situação, as adolescentes foram até a 3º Delegacia Territorial (DT/Bonfim) e denunciaram o homem.

 

Os investigadores da unidade foram até o local indicado pelas vítimas e flagraram Bruno ainda no imóvel. No local, peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) encontraram e recolheram amostras de sêmen dele.


Categorias

Salvador




Classificados


Enquete



Mais Lidas