Notícias

São Felipe: MP investiga irregularidade em decreto do prefeito Rozalio Souza

A Promotoria de Justiça abriu dos inquéritos para apurar a conduta do prefeito Rozalio da Hora (DEM). Um dos casos investigados é a realização de festa junina em 2017 quando o município tinha decretado situação de emergência. A denúncia foi feita pela Câmara de Vereadores. Segundo a Casa, mesmo alegando que estava em débito com órgãos públicos, o que justificaria o decreto de emergência, a gestão realizou os festejos.

 

A outra investigação é referente à suspeita de nepotismo [contratação ilegal de parentes]. Conforme a promotoria, a prefeitura contratou a esposa de um vereador que por sua vez é genro do prefeito. A mulher teria sido contratada para integrar a secretaria municipal de Educação, para atuar no Plano de Ações Articuladas, programa vinculado ao Ministério da Educação.

 

Os inquéritos, divulgados no Diário da Justiça desta quinta-feira (11), serão apurados sob o comando da promotora Sonia Regina Orlandini Suga. No ano passado, a promotora de Justiça recomendou que os prefeitos dos municípios de São Felipe e Conceição do Almeida não realizem gastos elevados na organização de festas juninas e outros eventos parecidos, em desacordo com os princípios da legalidade, moralidade e economicidade.


Categorias

Recôncavo




Classificados


Enquete



Mais Lidas